INTERVIR REQUER CERTA BREVIDADE

Walmeri Ribeiro 

 

|Performance|Videoinstalação|2018|

 

Inspirada pelos apontamentos de Isabelle Stengers, no livro “No tempo das Catástrofes”, sobre o nosso sentimento de impotência frente às catástrofes que estamos atravessando em consequência das mudanças climáticas e seus impactos sociais, Intervir requer certa brevidade, é uma ação performática a ser realizada na praça Mauá durante o openLab|Hiperorgânicos. Esta ação desdobrar-se-á em uma videoinstalação a ser apresentada no Museu do Amanhã.

Intervir requer certa brevidade, compõem as ações do projeto Territórios Sensíveis que discute de forma poética, política e estética, como experiências performativas imersivas em diferentes paisagens, climas e culturas, podem contribuir para mudanças urgentes em nossos modos de viver, de habitar e de pensar o mundo hoje. Assim, esta ação|processo|obra propõe uma investigação entre os territórios Bahia de Guanabara e Museu do Amanhã.   

 

Hiperôrganicos – de 24 a 26 de maio de 2018| Museu do Amanhã|Rio de Janeiro